Liderança inclusiva

É cada vez mais urgente a necessidade da inclusão, da participação e da preparação de equipes que aprendam a colaborar, a compartilhar conhecimentos, experiências e resultados livremente. Sem medos e sem ameaças – veladas ou não.

O início deste processo é a construção de ambientes colaborativos, interativos e que respeitem as diferenças em todas as suas formas e a preparação constante de líderes que saibam lidar com isso e na verdade desejem, busquem por diferenças, sem sentirem-se ameaçados ou usurpados de seu “legítimo poder”.

Estimular a competitividade criou gerações de pessoas e profissionais frustrados, estressados, doentes e ansiosos por mais sentido no que fazem em seu dia a dia.

Aprender a colaborar e a receber colaboração é um caminho necessário para todos os tipos de organizações que querem vencer em momentos de crise e superar desafios constantes de maneira sensata e humana.

 

Para ir além:

TED: Margaret Heffernan: Forget the pecking order at work

Deixe seu comentário